Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gritos mudos no silêncio das palavras!

Aqui toda a palavra grita em silêncio, sozinha na imensidão de todas as outras deixa-se ir... Adjetiva-me então

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 18 — 13/07/2022

Julho 13, 2022

Carlos Palmito

292595235_790442575456031_7241362498213275331_n.pn

Caros amigos, amigas, conhecidos e desconhecidos, leitores que surgem por entre as linhas desenhadas entre zeros e uns.

A semana passada falei em verão, as temperaturas mantêm-se elevadas, já apanhei um bom escaldão, agora... estou moreno, sei que consigo mais, sempre tive facilidade em me bronzear, a minha pigmentação escurece rápido.

E hoje, bem, hoje existem fogos por toda a parte, tem sido assim em tudo quanto é verão, uma triste realidade, ver matas arderem, tornarem-se cinzas da memória de uma sombra que nos arrefece o espirito cansado.

 

Poderia falar de muito mais coisas, estar aqui sem me calar, mas não é ao que vim, voltei porque é quarta-feira, as criaturas notívagas andam à solta, o mundo é pequeno, a cidade uma prisão celestial e os seres estão a ganhar características relevantes.

Desta vez, a edição é a número 18, se contar com outras três que não estão neste caderno, seria a 21, mas certo, neste caderno contamos com 18 números, dos quais tenho bastante orgulho, e ao mesmo tempo, no centro deste meu orgulho, espero que todos vós estejam a gostar, a esperar pelo próximo número, a reler os anteriores.

O titulo para este é: "Para Proteger e Servir Parte 3 - A Busca". O link está já ali em baixo:

 

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 18 — 13/07/2022 - A Busca

 

Existe, claro, a versão áudio, narrada por mim... acreditem ou não, narrei ontem, aliás, dadas as horas, hoje, perto da uma da manhã, podem ouvir o podcast aqui:

 

Podcast Criaturas Notívagas - nº 17

 

Mais um conto de Carlos Palmito. Essa é a terceira parte desse conto que mostra Jéssica, uma aprendiz de anjo. Saiba como essa história se desenrola. Leiam e comentem. Se não tiver tempo de ler, escute no Spotify.

 

E é tudo por hoje, as próximas duas a três semanas, infelizmente vou ter que deixar o caderno das criaturas em branco, tenho que fazer o que devia ter efetuado de inicio, mas quando o comecei não imaginei esta grandiosidade nele, daí vou ter que reler todos, tirar notas, apontamentos, caraterísticas de tempo, de personagens, quem vive, quem morre, características físicas, planeamento... Sei para onde vai, mas pretendo ao máximo evitar erros, e se não fizer este trabalho, corro o risco de os cometer.

Contudo, mesmo deixando o caderno vazio, existem dois pormenores, pedi a algumas pessoas para no dia do caderno colocarem lá uma análise, acho que é interessante.

Outra coisa é que assim, vou colocar uns poemas neste nosso sapo, que tão bem nos recebe.

 

A todos, dois abraços!

Que a vida vos sorria.

 

P.S.  Imagem encontrada na Net

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 17 — 06/07/2022

Julho 06, 2022

Carlos Palmito

istockphoto-640005768-612x612.jpg

Bom dia!

Parece que desta o verão vem, sem mais delongas ou demoras, o sol brilha, os pássaros não piam, mas podiam, o café sabe bem, e o sumo de melancia também.

Quarta-Feira uma vez mais, e todas as semanas neste fatídico dia existe a noite, tenebrosa umas vezes, estranha outras, e outras, bem, outras apenas um aprendizado do que a noite será.

Sem enrolar mais, mostro-vos a edição número 17 das Criaturas Notívagas, e o nome para o conto de hoje é: "Para Proteger e Servir Parte 2 - No beco da aranha". O link encontra-se já ali em baixo:

 

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 17 — 06/07/2022 - No beco da aranha

 

E, para quem não dispõe do tempo necessário para ler, ou prefere escutar, ou até mesmo para quem quer ler e escutar, segue a versão narrada do mesmo conto aqui:

 

Podcast Criaturas Notívagas - nº 17

 

Mais um conto de Carlos Palmito. Jéssica, a aprendiz de anjo saberá como agir no beco da aranha? O que o futuro lhe reserva? Leiam e comentem. Se não tiver tempo de ler, escute no Spotify.

 

A todos os que me leem, escutam, e até mesmo a quem o não faz, um grandioso abraço, dois, um dia solarengo para limpar as nuvens que muitas vezes teimam em persistir nas nossas cabeças.

Imagem encontrada na net.

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 16 — 29/06/2022

Junho 29, 2022

Carlos Palmito

image.jpeg

Bom dia!

Amigos, colegas, irmãos de letras, que escrevem, leem, ouvem, sonham, criam e concebem.

Hoje o gabinete está quase vazio, não fosse eu aqui e as luzes estariam desligadas, mas... mesmo com elas desligadas o show tem que continuar.

Apresento-vos então o número 16 das Criaturas Notívagas, desta vez intitulada de: " Para Proteger e Servir Parte 1 - Aprendiz de Anjo", e o link segue já ali em baixo:

 

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 16 — 29/06/2022 - Aprendiz de anjo

 

E eu sei, apesar de muitos, eu inclusive preferirmos a leitura ao áudio, existe sempre quem prefira áudio, nem que seja por falta de tempo para ler.

Eu aconselho vivamente a quem ouve que depois vá ler, a experiência em leitura é sempre muito diferente, mas segue também ali o link para áudio:

 

Podcast Criaturas Notívagas - nº16

 

Resta-me então despedir, por agora, um não adeus, mas até já, o adeus é pesado, uma palavra dolorosa que simplesmente magoa, o adeus é quase um sinónimo de até nunca... prefiro o já.

Abraços a todos, e espero pelos vossos comentários ali na caixinha, ajudem-me a criar estes mundos para vós.

 

Mais um conto de Carlos Palmito. Hoje a melancolia tomou conta de vez desse caderno. No nosso Podcast coloquei uma música linda e triste e espero que tenha ficado à altura de tão belo conto. Leiam e comentem. Se não tiver tempo de ler, escute no Spotify.

Imagem encontrada na net

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D