Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gritos mudos no silêncio das palavras!

Aqui toda a palavra grita em silêncio, sozinha na imensidão de todas as outras deixa-se ir... Adjetiva-me então

(Per)feito!

Março 16, 2023

Carlos Palmito

WhatsApp Image 2023-03-16 at 16.53.30.jpeg

 

O frio geme delicadamente nos ossos,

como quem se arrepia nos confins de um orgasmo,

é no seu balançar que me calo, no sorriso capilar, no espasmo,

nos sangues que nos agasalham,

(Per)feitos nas mesmas medulas, mas aos avessos.

E é per capita, per derme, per hélice e vértice, per arestas

por dor, prazer, por deleites que nos tremem, que nos chocalham,

que nos (per)fazem nas fronteiras de cada existir.

Somos fruto de amores aos defeitos, remendos do nosso florescer,

germes que copulam nas papilas gustativas do sorrir,

libélulas desenfreadas nas nébulas de uma avalanche por acontecer.

(Per)doa-me a vontade que mora nas grutas da fantasia,

e voa comigo nos céus da ventura,

roçaremos o arco-íris noturno, despojados de arma ou armadura,

faremos amor nos lagos glaciais da eternidade, ao ritmo da ventania

germinada pelas hélices de um helicóptero.

Se formos para ser, que sejamos (per)feitos

Entre o universo e as galáxias, uma flor e o Amazonas, uma gota e o mar…

Embaraça-te comigo,

Faz cotão das minhas hormonas

Emaranha-te em mim, suicida-te no meu respirar, no ondular do peito,

Toca-me, profundamente, sem pudor, para lá da carne, da alma,

num local que é meu e teu, onde o tempo para, e tudo é paz, calma,

um local, amor, sim, um local execrável, para os demais, contudo,

centelha do meu abismo, para nós… é subliminarmente per(feito)

 

Poema criado em parceria pela minha enorme e eterna amiga Joana Pereira por um desafio lançado por ela mesma. 

Visitem o seu blog, que tem textos lindos, não fosse ela quem é. Tem juizo, Joana!

Alzheimer

Novembro 22, 2022

Carlos Palmito

teaschainsaw.jpg 

— E esta?

Ela analisou a imagem estática.

— Era verão, as cigarras cantavam e cheirava a terra molhada… choveu nessa noite.

 

Microconto de 20 palavas, desta vez com o tema "Fotografia" num desafio que costumo participar no Instagram. 
Se gotaram, sigam este link "Microconto 20 palavras" e coloquem o like no meu comentário lá, agradecia imenso. 

P.S. 1 gostava de ouvir as vossas considerações sobre a forma como abordei o tema, e o que conseguem visualizar nestas 20 palavras, para que desse modo tenha perceção se consegui ou não transmitir a imagem que me veio à cabeça. 

P.S. 2 Imagem encontrada na net. 

 

Omelete sideral

Novembro 09, 2022

Carlos Palmito

maxresdefault.jpg 

Somos omeletes siderais recheadas de átomos e carbono, animais finitos na infinidade de um pequeno-almoço interestelar.

Somos repasto dos Deuses.

 

Micro-conto de 20 palavras para desafio no Instagram, tema Omelete 

Se gostaram, passem por lá, procurem o meu texto e dêm o like. 

P.S. Imagem encontrada na net

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D