Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gritos mudos no silêncio das palavras!

Aqui toda a palavra grita em silêncio, sozinha na imensidão de todas as outras deixa-se ir... Adjetiva-me então

Ventos

Março 25, 2022

Carlos Palmito

wind.jpg

Ao sabor do vento partiram eles, velas cheias, barcos a navegar rumo ao desconhecido, em águas umas vezes calmas agitadas suavemente por ele, outras vezes furiosas, tempestuosas, como se Éolo se tivesse unido a Poseidon num ódio ao homem e o seu barco, aos destemidos desbravadores dos novos mundos.

Ao sabor do vento gélido da manhã se arrepiava a tua pele nua, sentindo prazer no ato da caricia refrescante, assim era o vento, assim era a pele.

Ao sabor do vento dançavam as árvores nos bosques do esquecimento, nas florestas das memórias, bailavam sem parar, sem morrer nem tombar, contudo, noutras florestas, noutros esquecimentos caíam golpeadas por ele, pela sua raiva, pela sua força.

Ao sabor do vento, sim... ao sabor do vento inspiro o ar, porque ele dá-me vida e alento, expiro o ar, inspiro o vento, expiro o vento.

Por vezes quente como se o Inferno estivesse junto à minha pele, outras vezes gelado, e aqui, neste outro inferno, as chamas congelaram.

Vento, a vida e a ruina, o que trazes para mim hoje, o que trarás para mim amanhã?

 

Imagem encontrada na NET

após a batalha

Março 24, 2022

Carlos Palmito

lgdbyxxi.jpg

Sozinho na única ponte de acesso, encontrava-se o Mago Guerreiro, conhecido por Amans Caelis, o amante das estrelas.

À sua frente, uma pilha de cadáveres, a batalha tinha sido brutal.

Atrás dele, a cidade de cristal ardia, o inferno na terra, nuvens de fumo erguiam-se aos céus, obstruindo o sol.

Montou o alazão branco e partiu rumo a ela. Existia uma cortesã em apuros, sendo ele o único capaz de a salvar.

— Vou a caminho, amor.

 

(Existem umas crónicas nas quais tenho que trabalhar.)

Foto encontrada na net

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 2 — 23/03/2022

Março 23, 2022

Carlos Palmito

35420c_462f8662eae34533b6a62b3cdb3bd1a3_mv2.jpg

Bom dia!
Quarta-Feira maravilhosa, faz chuva do lado de fora da minha janela, mas não é de metereologia que aqui venho falar.
É dia de conto na Valleti, num cadernop que ficou por minha conta, sigam o link abaixo indicado para o meu mais recente conto, e comentem aqui, ou lá.

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 2 — 23/03/2022

CRIATURAS NOTÍVAGA(S) Nº 2 — 23/03/2022
Mais um conto da série, escrito por Carlos Palmito. Dessa vez Carlos explora a temática de Contos de Fadas e seus personagens, se parecerem familiares, é pura intenção.


Leia, Reflita, Comente!

 

Foto encontrada na net

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D